top of page

Os Riscos do Trabalho Repetitivo (Cíclico)

Atualizado: 16 de abr. de 2021

Você sabia que um dos grandes #riscos do #trabalhopadronizado é a sua repetição? Como as atividades padronizadas são cíclicas, rapidamente são transformadas em #hábitos pelo cérebro e isso é muito legal quando falamos de #produtividade. No entanto, quando realizamos atividades "no piloto automático", nosso #cérebro desliga o córtex frontal, parte do cérebro responsável pela razão e começa a operar através do cérebro reptiliano, a parte do cérebro que cuida das coisas "automáticas", como a respiração ou os batimentos cardíacos. Perdendo a capacidade de raciocinar durante a realização das atividades, não é nada incomum que o executante cometa falhas, como o recepcionista do vídeo que ao invés de medir a temperatura na testa do garoto e espirrar álcool em suas mãos, fez o contrário: espirrou álcool na testa do garoto e levou o termômetro para medir a temperatura em sua mão!




A solução para isso é você sempre inserir algum #trabalhoperiódico no meio do trabalho padronizado, ou seja, a cada X ciclos de trabalho padronizado, você deve inserir 1 ciclo de trabalho periódico para que o cérebro do executante acione novamente o córtex frontal e retome a consciência sobre o que ele está fazendo, tirando-o do "modo automático".


Inscreva-se em nossa página para receber mais dicas como essa!


Júlio Ribeiro


18 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page